Estudantes da Baixada Santista criam sistema sonoro para auxiliar cegos

terça-feira, 09 de fevereiro de 2021

Estudantes do curso técnico de Logística desenvolveram um projeto que pode provocar mudanças no transporte público coletivo de Santos.  Trata-se de um sistema sonoro para auxiliar e dar autonomia aos passageiros que enfrentam dificuldades para se deslocar.

 

A ideia partiu de três estudantes da Escola Técnica Estadual Dona Escolástica Rosa motivadas pelo ingresso de um colega portador de deficiência. Pela proposta do projeto, o dispositivo funcionará via GPS, com transmissão de informações em tempo real, como o nome da rua e o ponto de referência.

 

Para chegar à melhor solução, elas realizaram pesquisas sobre as dificuldades enfrentadas pelos deficientes visuais e fizeram um paralelo com os sistemas sonoros já existentes em trens e metrô de algumas cidades. E aperfeiçoaram o trabalho com entrevistas no Lar das Moças Cegas.

 

As jovens constataram que o deficiente visual luta muito por sua independência, mas depende de outra pessoa para usar o transporte público. O trabalho ganhou destaca em Congresso de Iniciação Científica e já virou projeto de lei em Santos.

Compartilhar:

Leia Também