Estudo indica que plasma convalescente é seguro para pacientes com covid

quinta-feira, 04 de junho de 2020

 

A técnica de transfusão de plasma de quem se recuperou de determinadas doenças possui anticorpos chamados de “neutralizantes”.

 

Esses neutralizantes podem ser úteis para compensar a capacidade do sistema imunológico da pessoa doente a antecipar a melhora.

 

Agora, os pesquisadores investigam se o tratamento, que já foi usado para combater coqueluche e tétano, pode ser útil para ajudar pacientes com covid19.

 

A análise avaliou os primeiros sete dias após o recebimento da transfusão em cinco mil pacientes hospitalizados com a doença ou considerados de risco. Os próximos passos serão coletar e revisar mais dados de segurança.

Compartilhar:

Leia Também