Estudo vai monitorar saúde mental de 4 mil pessoas

terça-feira, 14 de julho de 2020

 

Pesquisadores vão monitorar o impacto do distanciamento social e da pandemia na saúde mental de 4 mil pessoas.

 

O objetivo do estudo, que acontecerá no Estado de São Paulo, é avaliar os efeitos da maior carga de estresse tanto na população saudável quanto em pessoas com transtornos como depressão e ansiedade.

 

O acompanhamento integra o estudo Longitudinal de Saúde do Adulto, que monitora a saúde de 15 mil funcionários públicos de seis universidades e centros de pesquisa do país desde 2008.

 

O monitoramento será feito até dezembro deste ano e a previsão é que a análise do estudo completo dure dois anos. Essas questões de saúde vêm sendo investigadas desde o surgimento da covid19 e o diferencial deste grupo é que as pessoas analisadas já faziam parte do estudo, mas voltado às doenças crônicas.

Compartilhar:

Leia Também