Estufa tecnológica no deserto produz 17 mil toneladas de tomate orgânico/ano

quarta-feira, 24 de março de 2021

Uma estufa tecnológica instalada no deserto do sul da Austrália é o primeiro sistema do mundo que não usa recursos comuns para a agricultura. E os projetistas estão olhando para o futuro.

 

Batizado de Sundrop, este é um projeto desenhado para garantir produção de alimentos sem uso de solo, pesticidas, combustíveis fósseis ou água subterrânea. Trata-se de uma estufa gigante, fruto de seis anos de trabalho de um grupo internacional de cientistas.

 

A estrutura foi oficialmente inaugurada em 2016, com parte do cultivo já destinado aos postos de venda. Hoje a estufa conta com 180 mil pés de tomates orgânicos. No lugar da terra, são usadas cascas de coco.

 

A água usada vem do próprio oceano, que está a dois quilômetros da estufa. Para fazer a irrigação, a água passa por um sistema de dessalinização e transforma o recurso em água fresca. Todo processo demanda de energia, que é produzida a partir do poder do sol.

Compartilhar:

Leia Também