Fapesp: estudo avalia o uso de células-tronco para tratar lesões nos joelhos

sexta-feira, 02 de abril de 2021

Os tratamentos de lesões no joelho costumam ser invasivas e pesquisas investem em células-tronco para a produção de membranas a serem implantadas na articulação.

 

No Brasil, pesquisas com esse objetivo vêm sendo desenvolvidas pelo grupo de Medicina do Esporte no Hospital das Clínicas de São Paulo.

 

Os cientistas já obtiveram resultados positivos em testes pré-clínicos utilizando membranas produzidas a partir de dois tipos de células-tronco, as mesenquimais e as de polpa dentária.

 

As mesenquinais são encontradas em tecidos como medula óssea, tecido adiposo e revestimento da parede articular. Ao se diferenciar, essas células podem formar tecidos de gordura, ósseo e cartilaginoso. No caso da polpa dentária, o estudo envolve o tratamento de lábio leporino.

Compartilhar: