Fiocruz será colaboradora da OMS no fortalecimento dos bancos de leite humano

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Os bancos de leite humano de todo o mundo terão reforço brasileiro a partir do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, da Fundação Oswaldo Cruz.

 

O instituto será um centro colaborador da Organização Pan-Americana da Saúde, da Organização Mundial da Saúde, e nova atividade será desempenhada por um período de quatro anos, até março de 2025.

 

O serviço oferecido pelo Instituto da Fiocruz é referência da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, que, segundo a fundação, é considerada pela OMS a maior e mais complexa do mundo. Para se ter ideia, até o mês de março deste ano, a instituição fez 44 atendimentos em grupo e 916 individuais.

 

Com a parceria, o IFF passará a atuar com todos os países colaboradores para promover a atenção neonatal e a segurança alimentar e nutricional dos recém-nascidos e dos lactentes. O banco de leite realiza visitas domiciliares também para a retirada do alimento.

Compartilhar: