Floripa aprova lei de proteção às abelhas sem ferrão

quinta-feira, 08 de outubro de 2020

A proteção às abelhas nativas sem ferrão e o estímulo a polinização urbana ganhou respaldo da lei em Florianópolis, capital de Santa Catarina.

 

 

O projeto de lei visa estabelecer meios de proteção e conservação das abelhas. Prevê a autorização e incentiva a criação e o manejo de tais espécies.

 

 

Só na ilha de Florianópolis existem 34 espécies nativas de abelhas. Assim como as abelhas com ferrão, elas também podem ser alternativas de geração de renda pela produção de mel, própolis, geoprópolis, pólen e cera.

 

 

A lei também incentiva a implantação de estações polinizadoras pedagógicas em locais públicos da cidade, chamados de Jardins de Mel – a exemplo do que já acontece em Curitiba.

 

Compartilhar:

Leia Também