Gatos ficam imunes ao coronavírus e podem ajudar no desenvolvimento da vacina

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Pesquisa foi desenvolvida por cientistas da Escola de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, investiga uma possível transmissão do Sars-CoV-2 entre humanos e animais domésticos.

 

 

No processo, foi analisada a suscetibilidade de cães e gatos à infecção e o potencial de transmissão de gatos infectados para gatos que não haviam tido contato com o vírus.

 

 

A primeira resposta do estudo aponta que gatos infectados pelo novo coronavírus desenvolvem resposta imune ao vírus. De acordo com os pesquisadores, eles são altamente suscetíveis à infecção.

 

 

O estudo mostra que em um período de até cinco dias há eliminação viral, oral e nasal, que não é acompanhada de sinais clínicos. Ou seja, apesar de infectados, os gatos não desenvolvem a doença Covid-19.

Compartilhar:

Leia Também