Governo anuncia ferramenta para quem teve auxílio emergencial negado

sexta-feira, 05 de junho de 2020

 

O Ministério da Cidadania anuncia a criação de uma ferramenta de contestação para pessoas que tiveram o auxílio emergencial negado anteriormente.

 

O governo calcula que o sistema deve beneficiar mais cerca de cinco milhões de brasileiros.

 

Lançado em abril para assegurar renda para trabalhadores informais e famílias de baixa renda, o auxílio soma cerca de 123 bilhões de reais em recursos orçamentários.

 

Ainda hoje será detalhado como funcionará a nova ferramenta. Já se sabe que o benefício será pago, inicialmente, em três parcelas.

Compartilhar:

Leia Também