Governo de SP lança programa para capacitar motofretistas

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Os motofretistas de São Paulo vão poder regularizar seus documentos, fazer cursos de capacitação e ainda obter financiamento por meio do programa Motofretista Seguro.

Segundo o Detran – Departamento Estadual de Trânsito, o programa pretende colaborar com a legalização, a formação e a condição de trabalho desse profissional e, principalmente, melhorar a segurança dos motoboys.

O programa vai oferecer duas linhas de crédito para compra de novas motos, recuperação de motos antigas e compra de equipamentos de segurança ou de proteção individual. Haverá duas linhas de crédito: uma para os motofretistas informais e outra para os formais.

A diferença está no valor do crédito e na taxa de juros. Os informais têm limite de R$ 3 mil e juros de 1% ao mês. Já os formais, que já possuem o MEI, o limite de crédito é de 8% e a taxa de juros é menor.

Os motofretistas que precisam regularizar a situação da carteira nacional de habilitação devem se inscrever no site do Detran e ingressar no curso de formação desenvolvido pelo Detran.SP. Também é preciso cumprir alguns requisitos, como idade mínima de 21 anos, ter CNH e exercer atividade remunerada.

 

Compartilhar:

Leia Também