Governo vai usar cadastro de programas sociais para selecionar para o Minha Casa

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

 

O governo vai passar a usar o Cadastro Único de programas sociais para selecionar beneficiários elegíveis ao Minha Casa, Minha Vida, voltado a famílias com renda até R$ 1800.

 

 

A medida valerá nos municípios em que não há sistema próprio de seleção que seja auditável, ou seja, passível de fiscalização para evitar qualquer tipo de manipulação na distribuição das casas.

 

 

A portaria, publicada no Diário Oficial da União, atende a uma recomendação de órgãos de controle, que cobravam critérios mais objetivos e maior transparência na seleção das famílias contempladas por unidades da faixa 1 do programa habitacional.

 

 

Na situação atual, 140 empreendimentos localizados em 63 municípios brasileiros devem passar a ter a seleção feita pelo Cadastro Único. Esses empreendimentos devem abrigar aproximadamente 50 mil famílias.

Compartilhar:

Leia Também