Green Eletron recicla 170 toneladas de eletrônicos e pilhas em 2020

segunda-feira, 29 de março de 2021

Entre as dificuldades da pandemia está a de manter ou expandir a coleta de resíduos para reciclagem no país. Mesmo assim, a Green Eletron – gestora sem fins lucrativos da logística reversa – conseguiu bater um recorde no segmento.

 

Em 2020, foram recolhidas cerca de 88 toneladas de eletroeletrônicos (entre metais ferrosos, não-ferrosos e plásticos) e 83 toneladas de pilhas. A coleta evitou que esses itens acabassem em locais inadequados e gerassem impacto negativo no meio ambiente.

 

Por meio da reciclagem do plástico contido no material descartado, 37 toneladas de CO2 equivalente e 264 mil kilowatts/hora de energia deixaram de ser emitidos e consumidos, respectivamente.

 

O volume só conseguiu ser armazenado graças a ações lançadas durante o ano. Uma delas é o movimento Eletrônico Não É Lixo, uma campanha de conscientização da população sobre o descarte correto de eletroeletrônicos. Também valeram iniciativas como drive-thru sustentável e instalação temporária de coletores no Mêtrô.

Compartilhar:

Leia Também