HC inicia estudo para aplicação da CoronaVac em pacientes imunossuprimidos

quarta-feira, 03 de março de 2021

O Hospital das Clínicas de São Paulo iniciou um estudo da aplicação da CoronaVac em pacientes imunossuprimidos, que têm mais chances de desenvolver complicações em caso de covid-19.

 

Este estudo vem de uma linha de pesquisa em que são avaliados pacientes com doenças reumatológicas. Como a há uma resposta diminuída à infecção e a defesa fica comprometida, os pesquisadores já avaliaram outras vacinas como a H1N1 e febre amarela.

 

Agora, com a avaliação com a vacina contra a covid, há um interesse ainda maior, considerando que os pacientes imunossuprimidos não foram considerados pacientes prioritários na vacinação.

 

O estudo já aplicou a primeira dose da vacina e o próximo passo vai ser tomar a segunda dose em março. Depois todos terão um acompanhamento para ver qual será a resposta após a vacinação. O objetivo é descobrir se esses indivíduos conseguem produzir defesa de forma similar ou de forma reduzida quando comparado à população de controle, que não tem essas doenças.

Compartilhar:

Leia Também