Índices de poluição do ar despencam nos países com quarentena

segunda-feira, 30 de março de 2020

Com a quarentena adotada pela maior parte dos países ou campanhas estimulando que as pessoas não circulem sem necessidade, os números referentes à poluição trazem algumas novidades.
Entre os resultados desta nova organização social que estamos vivendo, os pesquisadores dedicados a estudos sobre a poluição do ar têm dados de que a qualidade do ar que respiramos está melhorando significativamente.
A queda nos índices de poluição é tão drástica que alguns cientistas se arriscam a dizer que como consequências muitas vidas serão salvas, uma vez que a qualidade do ar é responsável por provocar e agravar quadros de doenças respiratórias em todo o planeta.
Qual a importância destes impactos de curto-prazo para a poluição atmosférica? De acordo com pesquisadores da Universidade de Stanford, essa queda varia de um quarto a um terço nos níveis de poluição do ar em comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, os números podem salvar a vida de cerca de 4 mil crianças abaixo dos 5 anos e de mais de 70 mil adultos, apenas na China.
Em palavras da especialista François Gemenne, “O que mais surpreende é que as medidas que estão sendo tomadas para combater o coronavirus são muito mais severas do que as medidas que estaríamos dispostos a tomar para conter as mudanças climáticas e a poluição atmosférica”.

Compartilhar:

Leia Também