Indígenas de Aracruz conquistam recorde na produção de mel

sexta-feira, 30 de abril de 2021

A Cooperativa de Agricultores Indígenas de Aracruz alcançou uma conquista inédita. Entre os meses de março e abril deste ano, foram colhidos 725 quilos de mel de abelhas nativas sem ferrão. Soma-se à colheita, 60 quilos de pólen e 40 quilos de cera.

 

Foi a melhor safra desde 2012, quando teve início o projeto com o objetivo de resgatar atividades tradicionais nas aldeias, entre elas a meliponicultura, criação de abelhas sem ferrão, que chegaram a estar quase desaparecidas na região.

 

Os indígenas passam por capacitação e acompanhamento técnico, e contam com materiais, equipamentos e insumos necessários para a atividade. Com os métodos adequados de multiplicação, mais de 1 mil colônias já foram produzidas e estão sendo manejadas pelas famílias.

 

Os resultados positivos motivam a manter o trabalho e a apresentar produtos que refletem a identidade tupiniquim e guarani. Agora, a cooperativa também está investindo na construção de um e-commerce para produtos agroecológicos.

Compartilhar:

Leia Também