INSS mantém prova de vida suspensa até fevereiro

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

O INSS – Instituto Nacional do Seguro Social – prorrogou por mais dois meses a interrupção de bloqueios de pagamento ou suspensão de benefícios por falta da chamada prova de vida.

 

A nova portaria prorroga a interrupção de cortes e de benefícios, por mais duas competências – janeiro e fevereiro deste ano. Ou seja, os pagamentos que dependem da prova de vida não serão suspensos até o fim de março.

 

A suspensão da prova de vida teve início em março de 2020, quando tiveram início as medidas de isolamento social, e a previsão era que voltaria a ser exigida neste começo de 2021. A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior.

 

A lei prevê que, todos os anos, beneficiários do INSS precisam comprovar ao governo que estão vivos. Essa comprovação é sempre presencial. Quem não faz a comprovação no prazo tem o pagamento bloqueado, suspenso ou cessado.

Compartilhar: