Instituições Culturais receberam público virtual superior a 24 milhões em 2020

terça-feira, 23 de março de 2021

A população aderiu às ações virtuais durante a pandemia. Prova disso é o número de acessos a espaços culturais e projetos artísticos em São Paulo. Não foram apenas visitas a exposições ou apresentações, mas também a cursos e workshops.

 

Segundo dados da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, em 2020, as ações virtuais realizadas pela pasta receberam um público total de 24 milhões 230 mil e 982.

 

Se for separar por interesses, foram aproximadamente 13 mil visitantes online às ações da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico, cerca de 7 milhões referentes aos projetos da Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura e outros 4 milhões nos programas da Unidade de Formação Cultural.

 

Destaque para a plataforma Cultura em Casa, com várias ações. Entre as instituições que receberam o maior número de público, o ranking é liderado pela Pinacoteca do Estado.

 

Na sequência aparecem o Museu da Diversidade Sexual, o  Museu da Imagem e do Som e a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

Compartilhar:

Leia Também