Cientistas desenvolvem insulina que não precisa de refrigeração

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Uma equipe de cientistas da Índia desenvolveu uma variedade “termoestável” de insulina que elimina a necessidade de refrigeração.

 

A nova insulina está sendo vista como um avanço inédito e revolucionário. A pesquisa foi conduzida por quatro cientistas – do Instituto Bose, do Instituto Indiano de Biologia Química, e do Instituto Indiano de Tecnologia Química.

 

Os pesquisadores introduziram com sucesso uma matriz de quatro moléculas de peptídeo de aminoácidos dentro das moléculas de insulina. A técnica evitou a solidificação das moléculas de insulina quando não refrigeradas.

 

Embora atualmente a insulina ainda precise ser mantida a uma temperatura ideal de aproximadamente de 3 a 8 graus celsius, a nova insulina seria capaz de suportar até 65 graus.

A expectativa agora é a produção em massa.

Compartilhar:

Leia Também