Sistema de inteligência artificial pode diagnosticar demência em um dia

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Atualmente, são necessários vários exames e tomografias para diagnosticar a demência. Porém, cientistas estão testando um sistema de inteligência artificial que acreditam ser capaz de diagnosticar a doença após uma única tomografia cerebral.

 

O mesmo exame também poderia prever se a condição permanecerá estável por muitos anos, se será um fator lento ou se o paciente precisará de tratamento imediato.

 

De acordo com pesquisadores do Reino Unido, se houver uma intervenção rápida, os tratamentos podem agir precocemente e retardar a progressão da doença e, ao mesmo tempo, evitar mais danos. E é provável que os sintomas ocorram muito mais tarde ou nunca ocorram.

 

O sistema compara as tomografias cerebrais de pessoas que acreditam ter demência com as de milhares de pacientes com a condição. Neste sentido, o algoritmo pode identificar padrões nesses exames que talvez passem despercebidos por neurologistas.

Compartilhar:

Leia Também