Inventário da fauna silvestre de São Paulo tem cerca de 1.300 espécies

sábado, 25 de dezembro de 2021

Mesmo conhecida como selva de pedra, o município de São Paulo conta com mais de 160 áreas verdes e cerca de 1.300 espécies de animais catalogadas.

 

As borboletas são o grupo que mais contribuiu para o aumento do número de espécies registradas em São Paulo. Os dados foram fornecidos pelo pesquisador Gustavo Acácio, que estuda as borboletas há mais de 30 anos, em locais como o parque Ibirapuera:

 

A catalogação da fauna silvestre de São Paulo é um trabalho contínuo, que começou há mais de 30 anos, e o mapeamento das espécies ao longo do tempo é importante para o planejamento de ações de conservação, segundo a bióloga Ana Elisa Magalhães.

 

A observação de pássaros e borboletas feitas por amadores tem sido uma ferramenta importante para ajudar a catalogar as novas espécies, a partir de fotografias feitas com câmeras de celulares. Essas informações são utilizadas para planejar uma cidade mais sustentável.

Compartilhar:

Leia Também