Investimentos no Tesouro Direto superam resgates em R$ 2,11 bilhões

quinta-feira, 12 de maio de 2022

O Tesouro Direto registra volume maior de investimentos do que de sagues. Em março, os títulos do Tesouro investidos somaram R$ 4,13 bilhões, enquanto os resgates atingiram R$ 2 bilhões.

 

Dessa forma, houve emissão líquida de R$ 2,11 bilhões, segundo informou a Secretaria do Tesouro Nacional. As aplicações de até R$ 1 mil representaram 58,43% das operações de investimento no mês. O valor médio por operação foi de R$ 7.105,91.

 

Em março, o total de investidores ativos no Tesouro Direto, aqueles que atualmente estão com saldo em aplicações no programa, teve um aumento de 38 mil investidores, atingindo a marca de 1 milhão e novecentas mil pessoas, a maior da série histórica iniciada em 2002.

 

O número de investidores cadastrados no programa aumentou em 521 mil, crescimento de 73,94% em relação a março de 2021.  Quanto ao prazo, a maior parcela de vendas se concentrou nos títulos com vencimento entre um e cinco anos, que alcançaram 81% do total.

Compartilhar:

Leia Também