Japão desenvolve satélites de madeira para eliminar lixo espacial

sexta-feira, 08 de janeiro de 2021

O lixo espacial está se tornando um problema crescente à medida que mais satélites são lançados na atmosfera. Por isso, uma empresa japonesa se uniu à Universidade de Kyoto e uniram forças para desenvolver, até 2023, o que esperam ser os primeiros satélites do mundo feitos de madeira.

 

O estudo envolve o cultivo de árvores e o uso de materiais de madeira no espaço. Os experimentos serão feitos com diferentes tipos de madeira em ambientes extremos da Terra.

 

Este empenho dos cientistas é devido ao fato de que todos os satélites que reentram na atmosfera da Terra queimam e criam minúsculas partículas de óxido de alumínio, que flutuam na atmosfera superior por muitos anos.

 

A escolha da madeira é porque acreditam que os satélites de madeira queimariam sem deixar resíduos nocivos na atmosfera ou detritos no solo quando voltassem para a Terra. A próxima etapa será desenvolver o modelo de engenharia do satélite.  

Compartilhar:

Leia Também