Mais de 24 mil crianças no Brasil são superdotadas, mostra censo

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Nesta terça-feira foi comemorado o Dia Internacional da Superdotação.  As habilidades incluem aptidão para atividades intelectuais, artísticas ou esportivas acima da média.

 

No Brasil, de acordo com o Censo Escolar 2020, há 24.424 estudantes com perfil de altas habilidades e superdotação matriculados na educação especial, mas o número real pode ser ainda maior.

 

A Organização Mundial da Saúde diz que 5% da população têm algum tipo de alta habilidade ou superdotação. Segundo o Ministério da Educação, se forem considerados os mais de 47 milhões de alunos da educação básica mais de dois milhões de estudantes devem compor esse grupo.

 

O índice de identificação desse segmento ainda é baixo no Brasil.  O teste de quociente de inteligência (QI) não é o único meio para identificar uma criança superdotada, há diferentes métodos, mas algumas características acima da média, como uso de vocabulário avançado, por exemplo.

Compartilhar:

Leia Também