Medalhas das Olimpíadas de Tóquio foram feitas com partes de celulares e computadores reciclados

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio terão 100% de suas medalhas fabricadas com metais reaproveitados do lixo eletrônico.

 

Dispositivos como celulares e computadores foram desmontados e peças minúsculas em ouro, prata e bronze, presentes em componentes como as placas de circuito, foram reutilizados no Japão.

 

Para conseguir fazer aproximadamente 5.000 medalhas, a organização do evento precisou recolher uma quantidade enorme de lixo eletrônico. Foram mais de 6 milhões de telefones celulares usados e mais de 78 toneladas de outros equipamentos.

 

Isso porque a quantidade de metal presente em um único aparelho é muito pequena e esse volume vem diminuindo gradativamente com o avanço da tecnologia porque os metais são recursos não renováveis. As medalhas pesam praticamente meio quilo.

Compartilhar: