Médica cria prontuário afetivo de pacientes na UTI com Covid-19

terça-feira, 06 de abril de 2021

Uma médica do Hospital de Brasília criou, em meio aos atendimentos da pandemia, o prontuário afetivo. Esta é uma foram de levar carinho ao tratamento de pacientes internados nas UTIs.

 

A reumatologista Isadora Jochims, de 35 anos, criou o prontuário para que os médicos não se fixem apenas nas condições clínicas dos pacientes internados e sim de quem eles realmente são.

 

Para isso, além de trazer os dados de saúde dos pacientes, o chamado prontuário afetivo também traz informações sobre a personalidade, os interesses e hobbies de cada uma das pessoas, quer estejam intubadas ou não.

 

A iniciativa foi adotada no Hospital Universitário de Brasília e já se expandiu para outros dois hospitais do Distrito Federal.

 

Nesses locais foram colocadas plaquinhas em frente aos leitos de UTI com dizeres sobre o paciente. Na lista tem informações como músicas que gosta e seu time de futebol.

Compartilhar:

Leia Também