Medicamento anticovid produzido em Pernambuco será testado em animais

quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Pernambuco estão desenvolvendo uma molécula que será usada na produção de um medicamento antiviral e com atividade anti-inflamatória.

 

Trata-se de um sistema nanoestruturado que recebeu o nome de Amparo. Essa molécula é criada a partir de uma proteína secretada pelo fígado, que já faz parte das defesas naturais do organismo.

 

O resultado será uma solução em forma de aerosol capaz de inativar vírus, inclusive o coronavírus, na mucosa pulmonar. A expectativa dos pesquisadores é conseguir testar o Amparo até o final deste ano.

 

Iniciado no ano passado, o estudo já passou por várias etapas e continua contando com a colaboração de 30 pesquisadores. Em parceria com a financiadora de projetos Of Joseph do Brasil, o projeto poderá também ser testado na Holanda.

Compartilhar:

Leia Também