Medicamento diminui risco de 25% na recorrência de câncer de mama

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Um novo estudo realizado por pesquisadores de vários países, incluindo o Brasil, mostrou que a combinação de dois medicamentos pode reduzir o risco de recorrência do câncer de mama em até 25%.

 

Denominado monarchE, o estudo utiliza um medicamento oral para tratar a doença a um tratamento de bloqueio hormonal. Os resultados foram apresentados no Congresso Virtual da Sociedade Europeia de Oncologia Médica.

 

O monarchE chegou a fase 3 e avaliou os efeitos de dois anos de tratamento. O estudo é feito com mais de 5 mil pacientes com câncer de mama precoce e que tinham alto risco de novas recorrências.

 

As pacientes foram selecionadas em mais de 600 locais em 38 países. Até agora, os resultados que fizeram o tratamento adicional tiveram esse índice – de 25% – de menos ocorrências de casos. A combinação também reduziu o risco de metástase em 28%. As taxas de sobrevida livre da doença a longo prazo em dois anos foram de 93,6%.

Compartilhar:

Leia Também