Medicamento para hipertensão pulmonar pode se tornar uma opção contra o câncer

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Estudo recente indica que um medicamento usado no tratamento da hipertensão pulmonar reduziu – e muito – a capacidade de células tumorais migrarem e invadirem outros tecidos.

 

Os testes vêm sendo feitos com linhagens de tumores de pâncreas, ovário, mama e leucemia. Com tecidos de uma forma agressiva de câncer de mama, o fármaco diminuiu em 47% a incidência de metástase no fígado e nos pulmões.

 

O medicamento utilizado tem papel importante na constrição dos vasos sanguíneos e por isso é usado na hipertensão pulmonar, normalmente causada por doenças autoimunes. Porém, a pesquisa ainda está sendo conduzida e ainda não foi comprovado.

 

O estudo é conduzido pelo pesquisador Otávio Cabral Marques no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, e teve início em um pós-doutorado na Alemanha em parceria com pesquisadores também dos Emirados Árabes.

Compartilhar:

Leia Também