Mesmo vacinados, idosos mantém isolamento social

terça-feira, 27 de julho de 2021

Estudo sobre a mobilidade e saúde dos idosos brasileiros durante a pandemia é realizada em conjunto entre universidades e hospitais que integram a Rede de Pesquisa Remobilize. A pesquisa vem sendo realizada virtualmente e por telefone

 

O levantamento começou em maio de 2020 e com duração prevista por 18 meses. Na primeira onda, o estudo contou com 2482 pessoas com 60 anos ou mais, de 22 estados brasileiros, na segunda onda foram 1118 pessoas entre agosto e outubro de 2020.

 

Já em 2021, participaram da pesquisa 940 idosos, de fevereiro a abril, e ainda haverá uma etapa no segundo semestre terá uma última fase de avaliação para captação de informação pós-vacina.

 

Para o estudo, a predominância de participação é no Sudeste com 50,3% de respostas. As mulheres são mais participativas. Com análise das respostas neste ano, 82% mantém as restrições e 49% saem quando é inevitável. 42% deles mantém os tratamentos médicos. Muitos são atendidos em casa pessoalmente ou por telemedicina.

Compartilhar:

Leia Também