Minicápsulas com mosquito transgênico reduzem população do Aedes em 95% em Indaiatuba

segunda-feira, 08 de junho de 2020

 

O projeto “Aedes do Bem”, em Indaiatuba (interior de São Paulo), anunciou ter alcançado 95% de sucesso em pesquisa sobre o combate ao aedes aegypti.

 

Houve supressão de larvas selvagens na área onde foram soltadas minicápsulas com os mosquitos geneticamente modificados. As cápsulas contêm milhares de ovos do inseto transgênico.

 

O tratamento consistiu na colocação das minicápsulas em imóveis residenciais uma vez por semana, sem a interferência de outras ferramentas ou manuseios especiais.

 

Quando em contato com água, os ovos eclodem e apenas as larvas dos machos, que não picam e não transmitem doenças, sobrevivem até a fase adulta. O estudo foi realizado durante 13 semanas em 10 bairros, onde vivem cerca de 1 mil pessoas.

Compartilhar:

Leia Também