Novas moléculas têm potencial para tratar câncer cerebral

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Um grupo de pesquisadores do Canadá, Estados Unidos e Brasil identificou duas moléculas com potencial para tratar um dos mais agressivos tipos de câncer do cérebro.

 

As moléculas atuam sobre as células-tronco tumorais, que têm relação importante com a resistência aos tratamentos.

 

Segundo os pesquisadores, poucos compostos são capazes de atuar sobre esse tipo de célula, que existem em pequenas quantidades nos tumores.

 

O estudo foi realizado no âmbito de estrutura genômica e no Brasil conta com a parceria do Centro de Química Medicina da Unicamp.

Compartilhar:

Leia Também