Mulheres investem mais na Bolsa

quinta-feira, 23 de abril de 2020

A quantidade de mulheres que investem em renda variável ainda é pequena, quando comparada com a dos homens, mas a presença feminina tem aumentado como investidoras da Bolsa de Valores.

Hoje, já somam 270 mil, praticamente o dobro do número de investidores em cinco anos. Um dos motivos desta alta é o surgimento dos cursos de educação financeira voltados exclusivamente para mulheres.

A falta de informação ainda é apontada como um dos principais obstáculos ao crescimento da participação feminina na Bolsa, ao lado da menor renda (17% inferior à dos homens) e do perfil mais cauteloso.

O interesse das mulheres em investir e controlar as contas vai além da necessidade que elas têm de tomar as rédeas de suas finanças. Hoje, as mulheres empreendem, controlam suas finanças e, agora, estão investindo mais.

Compartilhar:

Leia Também