Mulheres se unem e formam rede de guardiãs

quarta-feira, 07 de julho de 2021

Um grupo de mais de 113 mulheres foi formado para ajudar as comunidades da periferia de São Paulo. Chamadas de guardiãs, as mulheres iniciaram suas atividades em abril de 2020.

 

O grupo dá suporte à população mais necessitada, principalmente no que diz respeito a insumos de proteção contra a pandemia, além de alimentos para 15 mil moradores.

 

Através de um grupo de whatsapp, as demandas de cada comunidade são lançadas e a guardiã mais apta para a ação fica encarregada de atender uma força-tarefa para conseguir doações.

 

O projeto levou para as mulheres da comunidade um empoderamento. Hoje, no grupo, existem mulheres que retomaram os estudos, que voltaram ao mercado de trabalho, que estão fazendo cursos, mulheres fazendo sucesso no empreendimento.

Compartilhar:

Leia Também