Nova Zelândia pretende proibir cigarros para as próximas gerações

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

A Nova Zelândia tem planos para proibir a venda de cigarros para as gerações futuras. O governo local já apresentou a proposta afirmando que as medidas para acabar com o fumo estão demorando muito para serem implementadas.

 

A ideia é proibir a venda para pessoas de 14 anos ou menos – isso, para o resto das vidas delas. Ou seja, a idade mínima legal para comprar cigarros vai seguir a idade das pessoas que terão 14 anos na data de implementação da regra.

 

A proposta é que a nova lei entre em vigor a partir de 2027. Uma pessoa de 14 anos daqui a seis anos não poderá comprar cigarros nem aos 60 anos, em 2073. O número de empresas autorizadas a vender cigarros também vai diminuir, e os produtos com nicotina precisarão diminuir a quantidade da substância.

 

O governo pretende fazer consultas a uma força tarefa de saúde dos maoris, um povo originário do país, nos próximos meses e encaminhar a proposta ao Parlamento em junho de 2022.  O que o ministério da saúde da Nova Zelândia quer é que os jovens nunca comecem a fumar e tornar os produtos de tabaco ilegais.

Compartilhar:

Leia Também