Novo exame de sangue que pode ajudar no diagnóstico de Alzheimer chega ao Brasil

segunda-feira, 30 de maio de 2022

Pesquisadores de todo o mundo buscam métodos mais efetivos de detectar a doença de Alzheimer para que o tratamento seja mais eficaz e assertivo. Uma dessas novidades em diagnóstico é um novo tipo de exame de sangue que está chegando ao Brasil.

 

Em 80% dos casos, o diagnóstico é feito a partir de exame físico completo, análise do histórico do paciente, de exames de sangue para descartar outros problemas e da avaliação neuropsicológica, que serve para quantificar as queixas de memória.

 

O novo exame atende casos de comprometimento cognitivo leve ou suspeita de demência. Ele faz a detecção das placas amiloides, uma espécie de acúmulo de proteínas que interfere no funcionamento das células cerebrais e é indicativo da doença.

 

Após coletar a amostra de sangue do paciente, é realizado um procedimento chamado espectrometria de massas, que detecta moléculas em pequenas concentrações. A meta é obter o diagnóstico precoce, que possibilita desacelerar a progressão da doença e garante mais controle sobre os sintomas.

Compartilhar:

Leia Também