Número de lojas virtuais cresce 40% em 2020 com empurrão da pandemia

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

O número de lojas virtuais no Brasil cresceu 40,7% de agosto de 2019 até agosto 2020. Esta é a maior aceleração do setor desde que a pesquisa foi iniciada, em 2015.

 

 

No ano passado, o Brasil tinha 930 mil lojas online. Agora, o e-commerce superou a marca de 1,3 milhão de sites, impulsionado pela pandemia que fez com que os empreendedores recorressem à internet para continuar vendendo ou gerar novas fontes de renda.

 

 

O crescimento foi registrado na 6ª edição do “Perfil do E-commerce Brasileiro”, pesquisa realizada anualmente pelo PayPal, plataforma de pagamentos digitais, e que reuniu dados da primeira semana de agosto de 2020.

 

 

A pandemia refletiu a digitalização de uma série de empreendedores e consumidores. Mesmo assim, somente 8% do e-commerce tem presença física, o que aponta que muitas pessoas viram no e-commerce uma alternativa para gerar renda.

 

 

As lojas virtuais já representam 8,48% dos sites – há cinco anos, esse número era de apenas 2,65%. Não entram na conta as lojas em perfis que vendem em plataformas de marketplace, somente as com sites próprios.

 

Compartilhar:

Leia Também