Painéis solares flutuantes em usinas dobrariam geração hidroelétrica na África

quarta-feira, 31 de março de 2021

A energia solar flutuante pode ser uma ferramenta valiosa para ajudar as nações africanas a expandir sua infraestrutura de energia de forma sustentável.

 

As barragens hidroelétricas da África poderiam dobrar a sua capacidade de gerar energia caso painéis solares flutuantes fossem colocados em apenas 1% dos reservatórios. É isso que afirmam pesquisadores, que trabalham com a possibilidade de instalação em lagos.

 

Os sistemas flutuantes aproveitariam a estrutura de distribuição elétrica já existente nas usinas. As nações mais beneficiadas com a energia solar flutuante seriam os países do norte da África, devido à sua capacidade hidrelétrica relativamente baixa.

 

Vale lembrar que grande parte da eletricidade da África do Sul vem do carvão, enquanto nações como a Argélia e a Líbia dependem fortemente do gás natural.

Compartilhar:

Leia Também