Pandemia leva indústria a ampliar contratação de intermitentes

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Levantamento da Confederação Nacional da Indústria mostra que as empresas tem ampliado a contratação dentro do regime intermitente, utilizado para a manutenção dos vínculos formais de trabalho.

 

Das 523 empresas entrevistadas, 15% contrataram intermitentes em 2019 e 2020, e 85% delas pretendem contratar na modalidade em 2021 e 2022. A grande maioria deles trabalham no chão da fábrica.

 

Em 2020, 45% das empresas com intermitentes ampliaram o número de contratos e 44% o mantiveram. Um dos motivos apontados foi a rápida adequação da força de trabalho à flutuação da demanda.

 

O contrato de trabalho intermitente é uma prestação de serviços em períodos alternados, e o trabalhador é remunerado de maneira proporcional, somente pelo período trabalhado. Mesmo assim, a prestação de serviços esporádica deve ser registrada em carteira.

Compartilhar:

Leia Também