Cientistas encontram pedras de mais de 9.000 anos no fundo de um lago

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Um grupo de arqueólogos da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, tem estudado artefatos e ferramentas de pedra com pelo menos de 9.000 anos.

 

Os instrumentos foram descobertos no Lago Huron, um dos cinco “Grandes Lagos”, e se originaram de uma pedreira de obsidiana localizada no estado do Oregon, que fica a mais de 4.000 quilômetros de distância de onde foram encontradas.

 

A obsidiana encontrada pelos pesquisadores representa as mais antigas espécies deste material, e também os que percorreram a maior distância. Além disso, são os primeiros encontrados na Costa Leste dos Estados Unidos.

 

A obsidiana é uma espécie de vidro vulcânico. A descoberta é parte de um estudo bem mais amplo, que tem a função de entender a organização socioeconômica dos caçadores de renas do final da última era glacial.

 

Acesse a loja da Vibe, só aqui você encontra os melhores produtos místicos e esotéricos.

Compartilhar:

Leia Também