Pescadores retiram meia tonelada de plástico do mar no litoral norte de SP

quarta-feira, 30 de março de 2022

Com a estimativa de ter, até 2050, mais plásticos nos mares do que peixes, uma nova competição foi criada para garantir a proteção dos oceanos. Trata-se do Torneio de Pesca de Plástico.

 

A primeira edição do projeto, que nasceu no México e atinge outros países, inclusive o Brasil, reuniu pescadores de todo o mundo para a retirada de plástico do mar, conscientizando a sociedade sobre a poluição marinha, além de proteger o meio ambiente e beneficiar economicamente as comunidades envolvidas.

 

Em 15 horas, 150 pescadores retiraram 5 toneladas de plástico do mar.  No Brasil, a ação aconteceu no mês de fevereiro em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, com o apoio da ONG Guardiões do Mar e a participação de 55 pescadores. Em um único dia, mais de 1 tonelada de resíduos foram retirados do mar, sendo metade só de plástico.

 

A iniciativa reafirmou o compromisso pela proteção dos oceanos contra a poluição gerada pelo plástico, além de beneficiar os pescadores da região, que fizeram dessa “pesca” um sucesso em sustentabilidade. Além da premiação em dinheiro para as três equipes que retiraram a maior quantidade de resíduos da água, o torneio também remunerou todos os pescadores participantes com o equivalente a um dia de trabalho e pagou o valor adicional por cada quilo de plástico coletado.

Compartilhar:

Leia Também