Pesquisa identifica enzima-chave para o desenvolvimento de doenças autoimunes

sexta-feira, 31 de julho de 2020

 

Pesquisadores do Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, da USP, descobriram que uma enzima ligada a processos metabólicos também está envolvida no desenvolvimento de doenças autoimunes.

 

O achado pode, no futuro, direcionar novos tratamentos e medicamentos mais efetivos e com melhor custo-benefício para esse tipo de doença.

 

Por motivos ainda não totalmente compreendidos, nas doenças autoimunes como a esclerose múltipla, artrite e psoríase a resposta imune pode ocorrer de forma descontrolada. Essa descoberta pode levar a tratamentos eficazes.

 

Atualmente, existem no mercado diferentes fármacos imunobiológicos para o tratamento de doenças autoimunes. Estima-se, porém, que cerca de 40% dos pacientes por algum motivo não respondem bem a esse tratamento. Um novo estudo agora tem a intenção de desenvolver novas drogas para atender a outra parcela de pacientes.

Compartilhar:

Leia Também