Pesquisador comprova passagem de nômades pela região de Araraquara há 10 mil anos

sábado, 10 de outubro de 2020

Pesquisa da Unicamp comprova que nômades passaram pela região de Araraquara, no interior de São Paulo, há pelo menos 10 mil anos.

 

 

A data é próxima à época em que viveu Luzia, o fóssil humano mais antigo encontrado na América Latina. O estudo considerou ferramentas encontradas nas zonas rurais de Rincão e Boa Esperança do Sul.

 

 

O estudo “São Paulo Antes dos Tupi: ocupação humana e ambientes 10 mil anos atrás” foi realizado pelo pesquisador Pedro Michelutti, que considera as escavações já feitas em sítios arqueológicos no entorno de Araraquara e a descendência dos indígenas.

 

 

Os materiais passaram por análises, que comprovaram as suas produções há mais de 100 séculos.  A teoria era que o grupo passava pela região para aproveitar a abundância do arenito, material usado para confeccionar as ferramentas feitas de pedra lascada.

Compartilhar:

Leia Também