Pesquisadora do Ceará desenvolve camarão em pó

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Pensando em novas formas de aproveitar o camarão, uma iguaria tão perecível, a pesquisadora Janaína Costa trabalhou no desenvolvimento de um produto em pó.

 

Desenvolvido na Universidade Federal do Ceará, o novo produto conserva o sabor e o aroma marcante do camarão, além de ser rico em proteína.

 

A pesquisa teve início em 2013 e, em setembro deste ano, o camarão em pó foi reconhecido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Com a patente, a expectativa é que a metodologia seja aplicada na indústria de alimentos e desperte o interesse de empresas para uso em larga escala.

 

Entre as vantagens, a pesquisadora destaca a facilidade de aplicação, de transporte e de armazenamento. Em pó, o camarão pode ser adicionado a inúmeros pratos em forma de tempero.

Compartilhar:

Leia Também