Pesquisadores de Yale desenvolvem injeção capaz de tratar câncer de pele

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, desenvolveram uma injeção para tratar o câncer de pele. De acordo com o estudo, a injeção de nanopartículas carregadas de quimioterápico seria capaz de matar as células cancerosas, eliminando a necessidade de cirurgia.

 

Em laboratório, os testes foram feitos com carcinoma de células escamosas, um tipo de câncer de pele. No grupo que recebeu a injeção notou-se, após 10 dias, que 50% do fármaco ficou retido nas células tumorais, fazendo com que os tumores fossem regredindo de forma rápida.

 

Para os cientistas, a chave do sucesso do tratamento é que as nanopartículas são bioadesivas, o que faz com que elas se liguem aos tumores e permaneçam presas por tempo suficiente para matar um grande número de células cancerosas.

 

Em um segundo experimento, o tratamento foi combinado com outro agente, que estimula o sistema imunológico, para ajudar a combater as células com tumor que ainda restaram.

Compartilhar:

Leia Também