Pesquisadores do Rio de Janeiro desenvolvem soro para combater o novo coronavírus

terça-feira, 14 de julho de 2020

 

Pesquisadores do Instituto Vital Brazil, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro, estão desenvolvendo um soro hiperimune para combater o coronavírus.

 

O medicamento é produzido a partir do plasma de cavalos, em um processo semelhante ao que acontece na produção de soros contra o veneno de animais peçonhentos e que já é utilizado na produção de soro contra a raiva.

 

No caso da versão feita para combater um vírus, ao invés de inocular o veneno dos animais, são usadas pequenas doses de fragmentos do vírus isolado e inativado para que criem anticorpos que neutralizem o patógeno.

 

O material então é extraído e passa por várias etapas de produção e testes até se tornar o soro como conhecemos. O uso desses anticorpos é útil para evitar que o quadro da doença se agrave.   Taí mais uma pesquisa brasileira para colaborar no tratamento da covid19.

Compartilhar:

Leia Também