Pesquisadores transformam leite materno em pó que pode ser distribuído pelo SUS

terça-feira, 10 de novembro de 2020

Uma inovadora pesquisa da Universidade Estadual de Maringá demonstrou que o leite materno na sua versão em pó não perde nutrientes, podendo ser distribuído pelo SUS.

 

O método consiste no processo de pasteurização do leite materno congelado, que é desidratado até virar pó, sem perder seus nutrientes. Em seguida, o leite é encaminhado às instituições de saúde.

 

A pasteurização é importante para evitar a transmissão de doenças. O trabalho envolve fatores imunológicos, nutricionais e antioxidantes, e todos esses componentes permaneceram no leite que foi transformado em pó.

 

O produto final é mais resistente à contaminação, além de ser mais simples e barato no processo de armazenamento, transporte e distribuição.

Compartilhar:

Leia Também