Pesquisas sobre uso medicinal da pele de tilápia ganham 3 prêmios

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

O tratamento brasileiro com pele de tilápia, desenvolvido por cientistas Universidade Federal do Ceará, ganhou três prêmios nacionais em apenas um mês,

 

As pesquisas premiadas envolvem o uso medicinal da pele do peixe em diversas áreas: para tratar queimaduras, feridas, para cirurgias plásticas e reparadoras, e também no uso veterinário, em cães.

 

No dia 24 de novembro, um grupo de pesquisadores do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da instituição recebeu o Prêmio Mentes da Inovação.  As pesquisas já somam 19 premiações, todas em primeiro lugar.

 

As pesquisas vão se aprimorando e vão ganhando vantagens, como conservação mais barata antes do uso do material. Antes era mantida em glicerol e o custo era alto. Agora é utilizada a pele liofilizada, ou seja, desidratada, sem a necessidade de refrigeração.

Compartilhar:

Leia Também