Pets ajudaram a manter a saúde mental dos donos durante a pandemia

sábado, 10 de outubro de 2020

Ter um bicho de estimação contribuiu para diminuir o estresse de algumas pessoas durante a pandemia. É o que indica um estudo realizado com 5 mil voluntários do Reino Unido, durante o confinamento.

 

 

Os pesquisadores constataram que aproximadamente 90% tinham pelo menos um animal de estimação. E depois responderam a um questionário.

 

 

De acordo com o estudo, feito na Universidade de York, na Inglaterra, tudo indica que isso acontece pelo vínculo criado entre as pessoas e os animais. E a espécie animal não faz diferença na pesquisa.

 

 

Apesar de a maioria ter cães ou gatos, donos de pequenos mamíferos e peixes também apresentaram um bem-estar maior em comparação a quem não tinha um pet.

Compartilhar:

Leia Também