PIX completa 3 meses em operação liderando em número de transferências

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

O novo sistema de pagamentos do Banco Central completa três meses de operação integral. Em pouco tempo, o PIX passa dominar o número de transferências realizadas.

 

No balanço mais recente, 2021 já soma mais de 286 milhões de operações finalizadas pela nova tecnologia, porém em relação às transferências com valor transacionado, as TEDs totalizam 53,2 milhões em no mesmo período.

 

Quando a métrica é o valor transacionado, a situação se inverte. Enquanto o PIX movimentou R$ 225 bilhões neste ano, as TEDs movimentaram R$ 2,7 trilhões, mais do que 10 vezes mais que o novo sistema.  Isso explica porque oito a cada 10 transferências realizadas pelo PIX ainda são feitas de pessoa para pessoa.

 

Os valores trocados por empresas dariam volume ao PIX, mas empresários ainda têm dúvidas sobre a cobrança de taxas e acabam mantendo as operações como eram antes.

As operações pelo PIX entre empresas (B2B) ocupam uma modesta fatia de 2,5% do total do mês de janeiro.

Compartilhar:

Leia Também