Placa solar da castanha de caju é criada por pesquisadores brasileiros

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Pesquisadores da Universidade Federal do Ceará desenvolveram placas solares a partir de um óleo extraído da castanha de caju.

 

As placas conseguem coletar radiação solar e alcançam resultados promissores, com eficiência até superior às técnicas já utilizadas no mercado.

 

Apesar de ainda estar em fases de testes, a placa é considerada muito promissora para comercialização. A eficiência dela é 43%, superior inclusive à da superfície comercial.

 

A descoberta faz parte de um projeto de pós-graduação do estudante Diego Caitano Pinho, iniciado em 2017. A ideia era buscar um produto mais em conta para substituir as superfícies existentes dos coletores solares de placa plana, utilizados para a produção de energia solar térmica.

Compartilhar:

Leia Também